headersadhia

04 setembro, 2015

Get In sem filas e sem espera

Recebi estes dias  um voucher para testar o serviço do aplicativo Get In ,fui justamente em um restaurante que eu estava doida para ir mas que sempre tem muitas filas na entrada.Muitas vezes vejo o pessoal em uma fila tremenda.Não gosto de filas ,e este  aplicativo realmente funciona mesmo.É muito fácil de usar,basta entrar no aplicativo antes de sair de casa e verificar se tem filas,se tiver faça a sua reserva.Ele gera um código e o telefone vibra  para te avisar que chegou a sua vez .Ele manda uma mensagem de texto avisando que nós poderíamos nos dirigir até a nossa mesa.O serviço do aplicativo custa R$4,90.Barato em vista  do tempo que você perderia em uma fila.Achei o serviço  ,maravilhoso.Confira as fotos abaixo do restaurante Johnny Rockets na qual fui almoçar com as crianças .

O restaurante é um charme ,vale muito a pena usar o aplicativo para entrar ,já que muitas vezes ele tem muitas filas .
 É  um lindo ambiente dos anos 50.Á cada 10 minutos os funcionários escolhem  uma música e dançam .E os funcionários se vestem a caráter ,como se estivessem nos anos 50.Muito gostoso este restaurante ,só foi possível comer lá durante o almoço ,graças ao aplicativo Get In que me ajudou muito.A fila  lá fora estava imensa .

Um dos petiscos maravilhosos ,eram estes palitos de mussarela ,empanados e super crocantes por fora e deliciosamente cremoso por dentro.
O meu pequeno Davi se divertiu com as sodas saborizadas,ao estilo americano.Eu também adorei ,escolhi o sabor maçã verde e o azul do Davi era chiclete .
Esta soda faz muito sucesso e o legal  é que é um refil ,você bebe o quanto desejar .
O meu foi o maçã  verde ,eu gostei muito e o biel escolheu este Abaixo de morango .
Os lanches são super gostoso ,cada pessoa em média gasta uma faixa de 80,00 para comer o sanduiche com fritas ,refrigerante  e sobremesa .

Achei este lanche super gostoso ,carne de wagu,pão preto e batata doce frita .Super  gostosa .

Biel  foi de Costelinha suína com barbecue ,legumes salteados e batata frita .A carne se desmanchava de tão molinha e gostosa .

Acima o lanche do Davi ,o kids que vem com refrigerante ,batatas fritas fartas e gostosas.o LANCHE a criançada  pode escolher colega ,mini hamburguer  ou mini cachorro quente .

As sobremesa  são um love á parte .

 O Biel escolheu  de sobremesa este maravilhoso milk shake de Oreo.Fantástico de tão gostoso.
Eu Fui de torta de maças com sorvete de creme ,outra delicia á parte ,exatamente como é servido nos EUA.

E o Davi e o Junior foram de banana Split ,como diz o Davi a sobremesa do Pica pau a delicia gelada .
 Sem o Get In seria impossível almoçar neste maravilhoso restaurante .Este Aplicativo vale muito mesmo.Eu  não tiro mais ele do meu aparelho.Vai comigo para todo lugar ,ele acha os restaurantes que aceitam o aplicativo onde eu estiver.


Quer conhecer  o serviço do Get In de perto ,clique aqui e baixe o aplicativo no seu celular.

* Esta Publicação não é um Publieditorial ,mas sim a opinião sincera da blogueira e consumidora do aplicativo citado acima .Sou transparente com o meu leitor .

02 setembro, 2015

Mercearia do Conde Lança seu Livro depois de 24 anos






No dia 19 de Agosto a Mercearia do Conde  lançou seu livro ,e convidou o blog para estar lá presente neste super  lançamento.Quando cheguei no restaurante  para o coquetel me senti como se estivesse na casa da minha avó.Um clima  gostoso,ambiente harmonizado com muitas relíquias de família.Adoro  ambientes que contam a história por sí  só.Na foto acima estou com a top Sheila Grecco .
Artesanal, colorido e bem-humorado como a própria Mercearia do Conde. Assim é o livro Mercearia Do Conde. Algumas Lembranças, Receitas e Histórias de Um (Quase) Tradicional Restaurante Paulistano (Ed. Dash), das autoras Maddalena Stasi (restauratrice) e Flávia Marioto (chef), dupla que há 24 anos criou um dos restaurantes mais queridos da cidade de São Paulo. A obra será lançada com coquetel e noite de autógrafos na segunda (03/agosto/15), na Mercearia do Conde, no Jardim Paulistano, evento que dá início às comemorações dos 24 anos de aniversário da casa.

O livro é todo desenhado e escrito à mão pelo artista plástico Marco Mariutti, amigo das autoras e que faz parte da história da Mercearia desde o início. Todos os aventais dos garçons são pintados à mão por ele, além das telas expostas no restaurante. No livro, Maddalena Stasi e Flávia Marioto (Shanti Nilaya para os íntimos) trazem histórias, curiosidades, depoimentos de gourmets e gourmands sobre o restaurante, como a chef e escritora mexicana Lourdes Hernandez e a pesquisadora Roberta Saldanha, além de 14 receitas descomplicadas e que são a cara do restaurante. Dentre elas, algumas marcas da Mercearia, como a criatividade, a experimentação e os passeios por diferentes culturas. É o caso da entradinha de guacamole com beiju de tapioca, em vez das tradicionais tortillas mexicanas, uma fusão entre Bahia e México. Também há receitas das saladas, frescas, saborosas e tão generosas que fazem até as vezes de prato principal, como a tunisiana ou a refrescante sopa fria de abacaxi com hortelã e coalhada fresca. Como pratos principais, a torta de cenoura e emmenthal, o risoto de abóbora com carne seca, o filé de frango recheado com damasco ao molho de tamarindo, o nhoque de mandioquinha servido em cestinha de parmesão, uma gostosura dupla lançada no restaurante e que virou depois moda nas casas da cidade. Como sobremesas, para adoçar sem complicar, estão a sinfonia de figos, creme de hortelã, creme de manga, banana da terra grelhada. Como drinks, a Caipirinha Tropicana (que reúne abacaxi em cubos, limão siciliano, hortelã fresca e cachaça) e o Suco Cura-Ressaca (água de coco, abacaxi, limão siciliano com folhas de hortelã) e a história de um suco que se tornou um hit na cidade, o de mexerica. Suco com gosto de infância, que remonta às aventuras da chef Flávia Marioto na fazenda do avô na cidade de Mogi Mirim. 
  Créditos das Fotos: Jade Gadotti.


O livro reúne colagem de amigos, croquis e curiosidades sobre como surgiu a Mercearia. Criada em 1991 pelas sócias, a irrequieta chef Flávia Marioto e a restauratrice Maddalena Stasi, a casa era originalmente uma mercearia e vendia mantimentos a granel, queijos, cereais e massas. Um cafezinho começou a ser servido no balcão. Para acompanhar, algumas delícias, como um sanduíche na baguete quentinha, um bolo e uma torta (como a tradicional de frango, que permanece até hoje no menu). Daí, não parou mais e assumiu definitivamente a sua vocação de restaurante. 


A colorida casa de esquina na Joaquim Antunes ainda guarda resquícios do antigo armazém de secos e molhados, com azulejos brancos nas paredes e objetos pendurados pelo teto. Não deixou de ser, de certa forma, uma mercearia. Continua sendo uma loja, onde se vendem tapetes, bolsas, enfeites, toalhas, louças e um monte de outras coisas. Fadas e trapezistas parecem voar pelo ambiente, decorado, ainda, com quadros, esculturas, pierrôs, espelhos, imãs de geladeira, relicários, bicicleta, vassouras, panos de prato bordados, sacolas de feira, móbiles e artesanatos vários espalhados pelo salão. Objetos de arte e de memória. Uma cozinha afetiva em um ambiente lúdico. Por isso, no livro, também flutuam bailarinas, trapezistas, pierrôs, nobres, plebeus, figuras mágicas dessa viagem gastronômica que é a Mercearia do Conde, um dos lugares mais vivos e astrais de São Paulo.

Ficha Técnica:
Título: Mercearia do Conde - Algumas Lembranças, Receitas e Histórias de Um (Quase) Tradicional Restaurante Paulistano
Autoras: Flavia Marioto e Maddalena Stasi
Ilustrações: Marco Mariutti
Editora Dash. 72 páginas.
Preço: 47 reais.
Onde comprar: na Mercearia do Conde e nas principais livrarias da cidade
Vendas on line: www.editoradash.com.br
Tel.: 11 2667-6314

Sobre as autoras:

A paulistana Flávia Marioto e a baiana de origem, mas paulistana de criação, Maddalena Stasi são amigas que resolveram, em 1991, transformar a paixão pela gastronomia em negócio com a abertura da Mercearia do Conde, no Jardim Paulistano, e anos mais tarde, em 2001, com a segunda casa da dupla, o Condessa, na Vila Nova Conceição, em São Paulo. Autodidata, a chef Flávia Marioto apresenta uma cozinha contemporânea com inventividade. Com pouco sal, pouco açúcar ou fritura, mas muitas especiarias, ingredientes frescos, temperos, pimenta e criatividade, a chef alia culinária saudável com sabor. Formada em Artes Cênicas e praticante de ioga, pilates e dança contemporânea, a chef Flávia Marioto transporta para a gastronomia toda essa energia artística. Aprendeu a cozinhar já na adolescência, nos encontros tradicionais da família de origem italiana, de Vicenza, e nos banquetes árabes de Natal, pelas mãos da mãe e da avó libanesa. Flávia é filha dos ex -donos da Evolução, loja pioneira de artigos para gourmets em São Paulo. Também de uma família gourmet, com cozinheiras de mão cheia, de origem italiana (da região de Puglia) e baiana, a psicóloga Maddalena Stasi é sobrinha do pesquisador Caloca Fernandes, autor de diversos livros de gastronomia, e de Bettina Orrico, culinarista responsável pelas receitas da revista "Claudia". Na Mercearia do Conde, Madalena cuida da parte administrativa, enquanto a chef alça os voos criativos. As sócias têm como paixão viajar pesquisando ingredientes e culturas inspiradoras. O resultado é uma cozinha afetiva e um menu de várias vertentes, com base no que leem, veem e sentem

Me identifiquei  muito com  elas pois somos Brimas .Acho que o sangue chama o que é do bem e da mesma cultura.Gostaria de agradecer  o carinho na qual nos recebeu em seu coquetel,estava  tudo maravilhoso.E agradecer  pelo livro maravilhoso,uma leitura gostosa ,assim como a casa.recomendo á todos .

* Esta postagem  não é uma Publicidade mas sim a opinião sincera e transparente da blogueira , que foi muito bem  recebida ,e se deliciou com quitutes  maravilhosos preparado por mãos de fadas.

31 agosto, 2015

petisco de queijo coalho



Tem dias que bate aquela  vontade de petiscar né colega ? Hoje não é uma receita mas sim  uma sugestão de petisco que faço muito aqui em casa .Usei desta vez  antepasto de pimenta bode ,mas pode ser perfeitamente servido com outro antepasto, e até mesmo uma geléia de pimenta ou de frutas como  goiaba.


Petisco de queijo coalho com  antepasto de pimenta 

5 copos pequenos ( aqueles pequenos copinhos de licor )
5 colheres de sobremesa de  antepasto  ou geléia á seu gosto.( usei  Chef Mineirin,um dos patrocinadores do 3º Encontro de Blogueiros de S.Paulo e Interior) .
1 palito de queijo coalho Ipanema (um dos patrocinadores do 3º Encontro de Blogueiros de S.Paulo e Interior ).
5 palitinhos de petisco 
raminhos de  salsa  ou manjericão  para decorar 

Modo de montar 

Pegue o palito de queijo e corte   em 5 pedaços  iguais,espete no palito e reserve.
Coloque 1 colher de sobremesa de antepasto  ou geléia á seu gosto  nos copinhos.
coloque o queijo por cima com o palito ,e em cima  coloque um ramo de salsa .Leve para a mesa somente no momento de servir .É um petisco gostoso e bonito ,para várias ocasiões.

*esta Publicação não é uma Publicidade ,mas sim a opinião sincera e transparente da Blogueira e consumidora dos produtos citados acima.*.

27 agosto, 2015

sal de Vinho


Eu sempre comprei sal de vinho para algumas receitas que eu faço aqui em casa ,ou  para usar como finalizador de uma receita.Sempre gostei muito mas o preço dele  não é muito convidativo.Como esta tudo caro ,eu fui atras de saber como fazia este sal,e achei em um livro de receitas bem antigo.Logo pensei colega,como eu não tinha lido este livro todo? É uma enciclopédia dos anos 70 e 80 que ganhei de uma vizinha .Era da mãezinha dela ,um livro recheado de receitas que hoje em dia poucas pessoas fazem e algumas receitas me chamou a atenção por serem exatamente aquelas receitas gourmet de grandes restaurantes de renome .Pensei comigo ,porque  não tinha lido este livro antes .Deixei ele guardado na minha estante por mais de 5 anos.Nele tem exatamente aquelas receitas antigas,das quais hoje procuramos tanto.Receitas que nossas vovós muitas vezes faziam a olho e muitas delas levaram com elas para o céu.Aos poucos vou fazer algumas receitas deste livro ,que ao meu ver ,é maravilhoso.Uma relíquia gastronômica.




Sal de Vinho 

300ml de vinho Cabernet Sauvignon chileno  ( reserva 2012)
2 xícara de chá de sal grosso ou flor de sal ,ou sal do Himalaia.

Modo de fazer 

Leve ao fogo em panela antiaderente o vinho e deixe ele reduzir 80% ( até duas colheres de sopa ).Ele não vai queimar,mexa sempre que  seja necessário.
Quando ele reduzir ,retire do fogo e espere esfriar .

Misture com o sal,e coloque em uma travessa para secar.De preferência de um dia  para o outro ,ou durante a noite toda .
Depois de seco ,coloque em potes de vidro com tampa e utilize como mais gostar 

Para presente :
Estas garrafinhas são um charme ,você dar de presente ,para seus convidados em um jantar em sua casa ,ou como lembrança de casamento.Acho super fofas estes mimos .

Acima  você  pode comprar na 25 tecidos ,cortar com tesoura picotadora  de papel ,aquelas de criança  mesmo,custam em torno de 5,00 na 25 de março.Colocar  o tecido  em cima e usar um  laço de fita  para dar um charme.Como lembrança de chá de cozinha ,é perfeito.

Na minha casa eu uso eles assim lisinhos,bonitinhos na minha prateleira de temperos ,atualmente tenho mais de 40 tipos ,adoro um tempero diferente .

Dicas da Sadhia 

* Use  para temperar filés de frangos,fazer marinadas ,carnes  mais densas e que necessitam ficar marinando,porco,como pato,cordeiro,capivara ou como finalizador de alguns pratos .Dentre eles cupcakes salgados .

* Se  preferir ele mais aromatizado ,coloque uma colher de sobremesa de fumaça liquida ,á venda em grandes empórios .

* Para fazer a finalização de sobremesas doces ,ele também é perfeito.

25 agosto, 2015

Grupo Capim Santo inaugura unidade no Theatro Municipal

Dia 15 fui  convidada  pela chef Morena leite para  a inauguração de seu  novo restaurante  ,do Grupo Capim Santo no Theatro Municipal de S.Paulo . arte e gastronomia, o Grupo Capim Santo amplia suas atividades e inaugura mais uma unidade do Santinho, agora, no Theatro Municipal de São Paulo Unindo, o patrimônio histórico e cultural da cidade. A casa, que operava em sistema de soft opening, inaugura oficialmente e passa a abrir também aos sábados, oferecendo um bufê de feijoada, para deleite de turistas e visitantes. Além do salão no piso térreo do teatro, o restaurante conta, agora, com uma agradável varanda com um jardim vertical. Sob o comando da premiada chef Morena Leite e das sócias, as empresárias Adriana Drigo e Daniela De Luca, Santinho, marca jovem do Grupo Capim Santo, têm como proposta unir sabor e saúde, em menu com um sotaque bem brasileiro.Foi uma experiencia fantástica.Confira nas fotos abaixo.O post  é longo colega ,mas vale muito a pena ler e se deliciar.
O  Local é muito bonito e gostoso ,esta parte acima é a parte  de fora ,você pode comer com a sua família tranquilamente .Abaixo o salão super aconchegante ,muito gostoso  para ir com a  família ou até mesmo sozinho ,um charme  o local .
Você  ao entrar no restaurante já fica encantado com o local ,lindo e aconchegante.Olhando  para o teto você  vai ver um  pouco da arquitetura linda do local .
 Fomos muito bem recepcionados  pela querida chef Morena leite,que com suas sãos de ouro fez o cardápio todo .Ela jus ao Nome  do seu restaurante Santinho,você se sente  no céu mesmo ,ao provar tantas delícias  feitas por ela e sua equipe .


O charme do local também se dá pela forma de servir da chef,tudo muito caseiro e bonito,preservando suas origens bahiana que me  encantam demais .Um luxo total .
O Buffet de sobremesas um espetáculo a cada  sobremesa ,muitos doces tipicamente brasileiros como o cuzcuz de tapioca com leite condensado ou o bombocado maravilhoso que alem de derreter na boca  tem  um creme fantástico.

Não deixem de provar o brigadeiro de capim santo ,uma sobremesa típica criada pela chef e que esta no cardápio de toda rede .

O restaurante abrirá, a princípio, apenas para o almoço, em sistema de bufê, fórmula de sucesso das demais casas do Grupo Capim Santo. A bancada hi-tech - em Corian e em formato de "S", em projeto executado pela Infinita Superfícies - vai abrigar diferentes estações com saladas, grãos, leguminosas, proteínas e réchauds com massas. A sensação é a de uma bancada sinuosa, onde os clientes podem se servir em todo o seu percurso. Os pratos mudam diariamente, de acordo com a sazonalidade e frescor dos ingredientes e a criatividade da chef. As receitas, escolhidas sob um olhar brasileiro, incluem, por exemplo, salada de banana com castanha de caju e uvas passas, picadinho de filé mignon na cerveja com purê de aipim e quibebe, chips de banana-da-terra e batata doce. Para refrescar, suco de melancia com gengibre ou de abacaxi com capim santo, marca registrada do grupo. À tarde, opções de cafés, lanches, bolos e tapiocas doces e salgadas.
Serviço:

Santinho - Theatro Municipal de São Paulo
Praça Ramos de Azevedo, nº 01 - República - Theatro Municipal de São Paulo
São Paulo - SP - CEP: 01037-010
Telefones: 11 3222-1683 e 3221-8061
Capacidade: 82 lugares
Preços:
De segunda a sexta: R$ 48 (por pessoa, não inclui sobremesa).
Sábado: R$ 68 (inclui sobremesas)
Crianças até 4 anos não pagam (desde que acompanhadas de um adulto, até 2 crianças por adulto).
Crianças de 05 a 10 anos e babás pagam 50%.
Horário de funcionamento: de segunda a sexta-feira, das 10 às 17 horas (exceto dias de espetáculos, quando o restaurante fecha às 16 horas).
Buffet de almoço: das 12 às 15 horas.
Sábados: das 12 às 17h (exceto dias de espetáculos, quando o restaurante fecha às 16h).
Fecha aos domingos.
Fora do horário de funcionamento do buffet de almoço, oferece menu à la carte com lanches e bolos.
Formas de pagamento:
CC: Amex, MasterCard, Visa, Diners
CD: Visa Electron, Maestro
Aceita cheques.
Não tem serviço de valet nem estacionamento.
Serviço de rolha: R$ 30.
Serve vinho em taça.
Possui adega climatizada com capacidade para 80 rótulos.
Não faz entrega em domicílio. Aceita reservas de grupos.
Não tem ar-condicionado. Tem wi-fi, acesso e banheiro para deficientes físicos (entrada pelo Theatro). Proibido fumar.
Aberto em soft opening desde abril/15. Inauguração oficial em 15/agosto/15.
Instagram: @santinhorestaurante
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...